Robótica

Robô-capinador retira ervas-daninhas de plantações

Robô-capinador retira ervas-daninhas de plantações

Capinar plantações pode parecer um problema já há muito tempo solucionado. Mas não é; principalmente com o crescimento das plantações orgânicas, cuja certificação impede a utilização de herbicidas e outros venenos. Ou seja, como antigamente, a capina voltou a representar uma séria questão de custos para os agricultores mais modernos.

Pensando nisso, o estudante Björn Åstrand, da Universidade Halmstad, criou Lukas, um robô agrícola capaz de capinar uma plantação de forma totalmente autônoma. Além de arrancar as ervas daninhas de forma mecânica - eliminando a necessidade dos herbicidas - o novo robô evita custos com mão-de-obra.

O robô Lukas consegue capinar não apenas os matos entre as ruas da plantação; ele consegue também retirar os capins entre as plantas, sem danificá-las. O protótipo foi desenvolvido para operar em plantações de beterrabas, mas pode ser configurado para operar em outras culturas.

O robô funciona a partir do processamento computadorizado de imagens - também conhecido como visão artificial. Uma câmera de infravermelho detecta as ruas da plantação - o espaço entre as fileiras de plantas. As imagens são processadas por um programa de computador especialmente desenvolvido para esta função. A partir desta análise, o programa controla as rodas e o sistema de direção do robô.

No interior das ruas, o robô identifica as ervas daninhas e as plantas com a ajuda de outra câmera, esta uma câmera digital comum, que capta imagens coloridas. É a partir das cores das plantas que ele sabe o deve ser arrancado e o que deve ser deixado no solo.





Outras notícias sobre:

Mais Temas