Plantão

MCT quer parceria com estados

O ministro interino da Ciência e Tecnologia, Wanderley de Souza, anunciou, hoje à tarde, que a Pasta está à procura de programas para efetuar parcerias com os Estados. "Para que os recursos disponíveis tenham a melhor aplicação possível", justificou, durante audiência com representantes da área de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais.

Reunido com o secretário de Ciência,Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Olavo Bilac, e com o Diretor Científico da Fundação de Apoio à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG), Naftale Katz, entre outros, Wanderley fez uma explanação sobre os programas em andamento e os que estão para ser implantados pelo MCT.

Durante o encontro ele falou sobre o Programa de Núcleos de Excelência (PRONEX), por meio do qual o MCT pretende apoiar iniciativas científicas de qualidade. Ressaltou ainda outros dois programas em estudo, de infra-estrutura para jovens pesquisadores, e de apoio a pequenas empresas de base tecnológica, que contaria com recursos do fundo Verde e Amarelo.

O Secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Olavo Bilac, entregou ao ministro interino um documento contendo os programas prioritários de seu governo para a área.

Além do Secretário-Executivo do MCT, de Olavo Bilac e de Naftale Katz, participaram da reunião, o diretor administrativo-financeiro da FAPEMIG, Paulo Kleber Duarte; o coordenador da plataforma de gemas e jóias e o superintendente de pesquisa e desenvolvimento da secretaria mineira, Renato Ciminelli e William Brandt, e o Secretário-Executivo Adjunto do MCT, José Seixas Lourenço.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas