Energia

Descoberta partícula subatômica que não se encaixa no Modelo Padrão

Descoberta partícula subatômica que não se encaixa no Modelo Padrão
A equipe responsável pelo experimento BES III é composta por quase 300 cientistas, de 11 países. [Imagem: IHEP]

Um grupo internacional de cientistas, trabalhando em um acelerador chinês, anunciou a descoberta de uma nova partícula subatômica.

Os cientistas afirmam que a nova partícula, batizada preliminarmente de Zc(3900), é um "hádron exótico", uma partícula subatômica que não se encaixa no modelo padrão da física.

A descoberta foi feita pelo experimento BES III (Beijing Spectrometer III), um detector instalado no colisor BEPC (Beijing Electron Positron Collider - Colisor de Elétrons e Pósitrons de Pequim).

A equipe responsável pelo experimento é composta por quase 300 cientistas, de 11 países.

Charmonium

O grupo já estava concentrado nos estudos de uma partícula estranha, chamada Y(4260), descoberta em 2005 no experimento BaBar, nos Estados Unidos.

O que surpreendeu é que os dados mostram que a Y(4260) decai em uma outra partícula ainda mais misteriosa, a Zc(3900).

Enquanto outras partículas que compartilham certas semelhanças com a Y(4260) têm sido explicadas como exemplos de um quark charm e um antiquark charm emparelhados pela força forte da física de partículas, todas as tentativas de incorporar a Y(4260) neste modelo falharam, e sua natureza permanece desconhecida.

O mistério agora se aprofunda com a demonstração de que pode haver um grupo muito maior de partículas desconhecidas.

Os quarks charm, que formam esse "mésons charmosos", ou charmonium, são bem mais pesados do que os mais tradicionais quarks up e down.

Assim, essas novas partículas, como a Y(4260) e a agora descoberta Zc(3900) - elas estão sendo agrupadas como "mésons XYZ" - podem acrescentar novas dimensões ao estudo das forças que quarks e antiquarks exercem uns sobre os outros.

Segundo Wang Yifang, da Academia Chinesa de Ciências, a equipe vai continuar estudando a Zc(3900) para detalhar melhor suas propriedades.

Bibliografia:

Observation of a charged charmoniumlike structure in e+e- to pi+pi-J/psi at \sqrt{s}=4.26 GeV
BESIII Collaboration
arXiv
http://arxiv.org/abs/1303.5949




Outras notícias sobre:

    Mais Temas