Plantão

Embrapa vai virar multinacional

Sem fronteiras

O governo federal pretende lançar a Embrapa Internacional até o final deste mês.

Maior exemplo de sucesso na área de pesquisas científicas e tecnológicas no Brasil, a Embrapa já virou inspiração para a criação de uma entidade equivalente para a indústria, a Embrapii.

Agora a Embrapa recebeu autorização para se internacionalizar, exercendo " qualquer das atividades integrantes de seu objeto social fora do território nacional, em conformidade com o que dispuser seu estatuto social".

A lei originou que criou a Embrapa restringia sua atuação ao território nacional, mas isto foi alterado no final do governo Lula.

Busca de recursos

Pedro Arraes, presidente da empresa, disse que um dos objetivos é ajudar outros países com a experiência adquirida ao longo dos 39 anos de existência da Embrapa.

"Mas também é, e talvez esse seja o principal, trazer inovações dessas relações para o nosso país," acrescentou ele.

A Embrapa Internacional terá uma estrutura com capacidade de captar recursos de fontes do exterior, como Banco Mundial (Bird), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e agências de fomento, como a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e Fundação Bill Gates.

"A Fundação Bill Gates fez, recentemente, um aporte de US$ 2,5 bilhões para a Embrapa, e esse recurso, obviamente, não pode entrar na conta da Embrapa aqui no Tesouro, como arrecadação, porque eu vou ter que encaminhar para outros países", explicou Arraes.

Embrapa Internacional

A Embrapa Internacional estreará nos Estados Unidos.

"Dependendo da dimensão que esse negócio tomar, e as perspectivas são de dimensões imensas, talvez tenhamos que ter uma estrutura mínima lá, mas sempre mínima, porque a competência técnica vai estar sempre aqui, na Embrapa. Lá é simplesmente uma forma que a gente tem de agilizar essa captação de recursos internacionais", informou Arraes, acrescentando que pessoas físicas também poderão fazer doações para algum projeto específico, no qual tenham interesse.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas