Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Materiais Avançados

Lente plana dará cores perfeitas ao Google Glass

Redação do Site Inovação Tecnológica - 02/03/2015

Lente plana dará cores perfeitas ao Google Glass
Os sistemas ópticos grossos (esquerda) são substituídos por uma superfície plana muito fina (direita).
[Imagem: Genevet/Capasso/Aieta/Harvard SEAS]

Lente plana

A palavra lente é derivada de lentilha, devido ao seu formato curvo.

Mas as lentes não precisam ser necessariamente curvas.

Uma nova lente, completamente plana e ultrafina, consegue focalizar diferentes comprimentos de onda da luz no mesmo ponto focal.

Isto permite uma correção de cores instantânea feita por um componente ultraminiaturizado.

Tudo começou em 2012, quando a equipe do professor Federico Capasso, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, criou uma lente plana capaz de gerar imagens perfeitas.

Embora o dispositivo seja feito de vidro, como a maioria das lentes, o componente ativo da lente plana é uma série de minúsculas antenas de silício, que fazem com que a luz curve-se instantaneamente, e não gradualmente - isto coloca o dispositivo na categoria dos metamateriais, que usam nanoantenas para manipular as ondas.

Projeto de nanoantenas

A equipe agora já consegue projetar essas antenas usando um algoritmo para ajustá-las para qualquer aplicação que se tiver em mente, criando o que eles chamam de "metassuperfície acromática".

Com isso, eles obtiveram o grande avanço apresentado neste novo protótipo, que permite que os diferentes comprimentos de onda da luz - as cores - interajam com as antenas de forma diferente para compensar a diferença nos seus comprimentos de onda, produzindo um efeito consistente.

"Isto significa que aqueles efeitos complicados, como a correção de cores, que nos sistemas ópticos atuais exigem que a luz passe através de várias lentes grossas em sequência, podem ser obtidos em um dispositivo miniaturizado e extremamente fino," disse o professor Capasso.

Lente plana dará cores perfeitas ao Google Glass
A lente plana, ou superfície acromática (direita), compensa as diferenças nos comprimentos de onda para produzir um efeito consistente.
[Imagem: Genevet/Capasso/Aieta/Harvard SEAS]

Google Glass

E onde esta lente plana - ou metassuperfície acromática, como queira - pode ser usada?

Para se ter uma ideia, basta saber que a equipe do professor Capasso desenvolveu a lente plana com sua óptica acromática a pedido da equipe do Google Glass.

"Ficamos felizes que a equipe do professor Capasso tenha aceito o desafio, e também ficamos muito surpresos em que saber que seu grupo de fato resolveu o desafio em um ano," disse Bernard Kress, do Google.

Bibliografia:

Artigo: Multiwavelength achromatic metasurfaces by dispersive phase compensation
Autores: Francesco Aieta, Mikhail A. Kats, Patrice Genevet, Federico Capasso
Revista: Science
Vol.: Published Online
DOI: 10.1126/science.aaa2494






Outras notícias sobre:
  • Fotônica
  • Vidros
  • Antenas
  • Metamateriais

Mais tópicos