Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Plantão

Rosetta acorda para começar a perseguir cometa

Redação do Site Inovação Tecnológica - 20/01/2014

Rosetta acorda para começar a perseguir cometa
O computador da Rosetta estava programado para fazer uma sequência de procedimentos e então restabelecer o contato com a Terra, o que aconteceu neste 20 de janeiro.
[Imagem: ESA/C.Carreau/ATG]

Conforme previsto, a sonda espacial Rosetta, que irá pousar em um cometa no final deste ano, acordou de sua longa hibernação.

A sonda Rosetta está no encalço do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko e, desde o seu lançamento em 2004, fez três passagens pela Terra e uma por Marte para atingir a velocidade necessária e acertar a trajetória rumo ao cometa.

Ela passou também pelos asteroides Steins e Lutetia ao longo do caminho.

Como funciona usando apenas energia solar, a nave foi posta em um estado de hibernação em meados de 2011, à medida que se afastava do Sol.

Só foram mantidos em funcionamento o computador e alguns aquecedores.

Trinta e um meses depois, o complexo caminho orbital da Rosetta trouxe-a de volta a apenas 673 milhões de quilômetros do Sol, onde há energia solar suficiente para alimentar todos os seus instrumentos.

O computador da Rosetta estava programado para fazer uma sequência de procedimentos e então restabelecer o contato com a Terra, o que aconteceu neste 20 de janeiro.

Inicialmente os propulsores da nave dispararam rapidamente, para fazer um ligeiro ajustamento para garantir que os painéis solares fiquem apontando em direção ao Sol.

Só então o sistema de posicionamento determinou a orientação da nave, permitindo que ela se virasse em direção à Terra, ligasse seu transmissor e apontasse a antena para enviar os sinais que anunciavam que a nave já está acordada.

Encontro com o cometa

A previsão é que o encontro com o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko ocorra em agosto deste ano, quando então terá início a fase mais arriscada da missão.

Em novembro deverá ser lançado o módulo de aterrissagem, chamado Philae, que deverá pousar no cometa.

Além do pouso, a sonda Rosetta perseguirá o cometa conforme este se aproxima do Sol, monitorando as mudanças que ocorrem no corpo celeste.







Outras notícias sobre:
  • Sondas Espaciais
  • Corpos Celestes
  • Exploração Espacial
  • Telescópios

Mais tópicos