Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Eletrônica

Sanduíche multiferroico incrementa cardápio da tecnologia

Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/09/2015

Sanduíche multiferroico incrementa cardápio da tecnologia
Esta é a estrutura do material que pode levar à tão esperada emergência do magnetismo em um material ferroelétrico.
[Imagem: James Rondinelli]

Multiferroicos

Pergunte aos engenheiros envolvidos com a construção dos hardwares do futuro qual é o material dos seus sonhos, e nove em cada dez deles responderão que gostariam de ter à disposição um material multiferroico - sobretudo para ajudar a dar um reboot na Tecnologia da Informação.

Multiferroicos são materiais nos quais coexistem propriedades magnéticas e elétricas - hoje, uma dessas características se opõe à outra, e é necessário escolher entre um material ferroelétrico ou um material magnético.

As duas propriedades são centrais para a tecnologia atual, e seriam ainda mais importantes e úteis se coexistissem no mesmo material.

E este é justamente o caminho apontado por Danilo Puggioni e seus colegas do laboratório SISSA, na Itália, que acabam de publicar um roteiro para a fabricação de um material multiferroico autêntico.

"Nossa abordagem é baseada na criação de uma espécie de sanduíche com camadas de osmato de lítio [LiOsO3], um material metálico ferroelétrico, alternadas com um material isolante," explicou Gianluca Giovanetti, coautor da proposta.

"Esse arranjo, conhecido como heteroestrutura, desacelera os elétrons no sistema, e é este fenômeno que leva à emergência do magnetismo," completa ele, lembrando que lítio e ósmio não são materiais magnéticos.

Mãos à obra

Outras equipes haviam apresentado recentemente propostas semelhantes para a fabricação de materiais multiferroicos, incluindo um componente eletrônico "tudo em um" e um material capaz de guardar bits com quatro valores diferentes.

"A nossa certamente não é a primeira tentativa de obter um material desse tipo, mas até agora pouco tem sido feito em termos de satisfazer as necessidades," reconheceu o professor Massimo Capone. "Nosso método é baseado em um sistema surpreendente."

Com a receita em mãos, a expectativa agora é que os experimentalistas consigam sintetizar o novo material - que é baseado em compostos bem conhecidos - e verificar se ele realmente leva à tão esperada emergência do magnetismo em um material ferroelétrico.

Bibliografia:

Artigo: Design of a Mott Multiferroic from a Nonmagnetic Polar Metal
Autores: Danilo Puggioni, Gianluca Giovannetti, Massimo Capone, James M. Rondinelli
Revista: Physical Review Letters
Vol.: 115, 087202
DOI: 10.1103/PhysRevLett.115.087202





Outras notícias sobre:
  • Magnetismo
  • Semicondutores
  • Armazenamento de Dados
  • Spintrônica

Mais tópicos