Plantão

Fábricas do Milênio espera gerar 15 patentes

O Programa Fábricas do Milênio é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia e é mais um esforço no sentido de ampliar os investimentos em pesquisa e desenvolvimento feitos no Brasil. Com duração de três anos, o programa tem entre seus objetivos:

  • reciclagem de 1000 profissionais
  • elaboração de 120 teses de mestrado e doutorado
  • geração de 15 patentes.

Serão R$90 milhões em recursos oriundos do Banco Mundial. Além de várias Universidades e Institutos de Pesquisas, 380 empresas serão envolvidas e participarão do programa. O ministro José Sardenberg participou do lançamento da Fábrica do Milênio nas instalações da Indústrias Romi, situada em Santa Bárbara do Oeste (SP). Segundo o ministro, ficar somente na área acadêmica não é o suficiente para lançar as bases do desenvolvimento sustentado no país: é necessário envolver a iniciativa privada.

O Programa é coordenado pelo Instituto Fábricas do Milênio, chefiado por João Fernando Gomes de Oliveira. Segundo ele, somente o trabalho integrado de empresas e universidades poderá garantir ganhos de competitividade às nossas empresas.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas