Robótica

NASA termina testes com o FIDO

Redação do Site Inovação Tecnológica - 26/08/2002

NASA termina testes com o FIDO

Depois dos bons resultados do Sojourner, agora a NASA se prepara para mandar um novo jipe para Marte. O novo modelo é chamado FIDO ("Field Integrated Design & Operations"). A NASA tem tanta expectativa nos resultados dessa nova incursão no planeta vermelho, que resolveu enviar não um, mas dois FIDO para Marte. É claro que isto reduz os riscos da missão: caso um deles pare de funcionar, o outro ainda poderá efetuar suas pesquisas.

Para se preparar para as intensas operações durante a missão, que deverá acontecer em Janeiro de 2.004, os engenheiros da NASA submeteram os dois protótipos a duas semanas de testes intensos. O trabalho terminou na última sexta-feira. Além de verificar o funcionamento dos robôs, a equipe formulou hipóteses acerca do ambiente geológico (aqui da Terra) e utilizou o FIDO para testar as hipóteses. Eles praticaram a tomada de decisões rápidas de forma que possam aprender o máximo possível da geologia, quando o FIDO já estiver em Marte.

O ritmo do trabalho será muito acelerado durante a missão. O tempo é limitado para se checar todos os dados recolhidos, decidir onde cada robô irá a seguir, quais pesquisas efetuar e, finalmente, enviar os comandos adequados para os dois jipes. Os cientistas devem determinar o que eles querem examinar, enquanto os engenheiros devem decidir como, e se, o robô poderá fazê-lo. Todos os envolvidos estão treinando trabalhar como uma equipe para tomar decisões rápidas e eficientes. E isso requer muita prática.

Os testes foram animadores. Os cientistas afirmaram ter motivos para acreditar que alcançarão deslocamentos de, no mínimo, 600 metros com cada robô. Mas eles almejam que cada um se desloque até um quilômetro pela superfície de Marte. Além de analisar a superfície do planeta, cada robô utilizará uma de suas rodas para cavar uma pequena trincheira, analisando amostras de sub-superfície.





Outras notícias sobre:

Mais Temas