Plantão

Astronauta Brasileiro participa das homenagens a Gagarin

Comparações

Convidado especial do governo russo, o astronauta brasileiro, o engenheiro Marcos Pontes, participou nesta terça-feira das solenidades oficiais que marcam o aniversário de 50 anos do primeiro voo realizado por um ser humano em órbita do planeta.

Em 12 de abril de 1961, Yuri Gagarin decolou da Base de Lançamento de Baikonur, no Cazaquistão, e se tornou o primeiro cosmonauta da história da humanidade.

Marcos Pontes, que também é cosmonauta, acaba de comemorar os cinco anos da primeira ida ao espaço de um brasileiro.

"Os russos sempre me trataram com muito carinho e respeito profissional. Fico muito honrado com esse convite especial e as comparações que fazem entre Gagarin e eu, tipo data de aniversário, comportamento, data de voo e sorriso," disse Pontes.

"Sinto-me muito bem entre meus amigos aqui na Rússia, especialmente durante uma data tão significativa para mim - 50 anos do voo do Gagarin e exatamente 5 anos da minha missão espacial," completou.

Missão cumprida

Em seu voo, Pontes decolou da mesma plataforma de lançamento, no Cazaquistão, de onde Gagarin partiu para seu voo histórico.

O evento comemorativo foi realizado no Museu Memorial de Cosmonáutica, onde o astronauta brasileiro é parte da exposição permanente, homenageado como o primeiro astronauta brasileiro.

Nesta quarta-feira (13) Marcos Pontes estará revisitando o Palácio do Kremlin, onde foi assinado, em outubro de 2006, o acordo que garantiu a missão que levou a bandeira do Brasil pela primeira vez ao espaço nas mãos de um brasileiro.

Pontes lança ainda neste mês o seu livro "Missão Cumprida. A História Completa da Primeira Missão Espacial Brasileira", onde ele revela todos os segredos dos bastidores, antes, durante e depois da Missão Centenário, realizada em 2006.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas