Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Materiais Avançados

Embalagem de pipoca promete substituir poliestireno e plástico

Redação do Site Inovação Tecnológica - 12/05/2021

Embalagem de pipoca
Embalagens feitas de pipoca serão uma alternativa ecológica ao poliestireno e ao plástico.
[Imagem: Carolin Pertsch]

Embalagem de pipoca

Brevemente, quando você assistir os famosos vídeos "Abrindo a Caixa" no Youtube, poderá ver também algum youtuber mais entusiasmado experimentando comer a embalagem conforme retira os produtos.

Engenheiros da Universidade de Gottingen, na Alemanha, desenvolveram embalagens de pipoca que não apenas são ótimas para transporte e armazenamento, mas também são totalmente biodegradáveis.

A ideia é fornecer uma alternativa ambientalmente amigável para embalagens de poliestireno ou plástico.

Os protótipos consistem em formas moldadas tridimensionais, que são produzidas a partir de pipoca granulada - a propósito, essas embalagens foram feitas com um tipo de pipoca não comestível.

Umas das grandes vantagens desse material granular é que ele vem de fontes biológicas renováveis, além de aproveitar resíduos da indústria de alimentos.

"Nossa embalagem de pipoca é uma ótima alternativa sustentável ao poliestireno, que é derivado do petróleo. A embalagem à base de plantas é feita de subprodutos não comestíveis da produção de flocos de milho e pode realmente ser compostada após o uso sem qualquer resíduo," detalhou o professor Stefan Schult.

Além disso, as novas embalagens de pipoca têm propriedades hidrorrepelentes (repelentes de água), o que abre novos caminhos para aplicações futuras.

"Este novo processo, baseado em tecnologia desenvolvida na indústria do plástico, possibilita a produção de uma ampla gama de peças moldadas," explicou o professor Alireza Kharazipour. "Isso é particularmente importante quando se considera a embalagem, pois garante que os produtos sejam transportados com segurança, o que minimiza o desperdício. E tudo isso foi conseguido com um material que será biodegradável posteriormente."

A tecnologia já foi licenciada para uma empresa na Alemanha, a Nordgetreide, que pretende colocar as embalagens de pipoca no mercado imediatamente.

Seguir Site Inovação Tecnológica no Google Notícias





Outras notícias sobre:
  • Reciclagem e Reaproveitamento
  • Biotecnologia
  • Polímeros
  • Processos Industriais

Mais tópicos