Plantão

Hayabusa confirma pouso de dois rovers em asteroide

Hayabusa confirma pouso de dois rovers em asteroide
A primeira foto liberada pela JAXA está bem borrada porque foi tirada quando um dos rovers saltava sobre o asteroide. O brilho à direita é a luz do Sol. [Imagem: Jaxa]

Primeiro pouso em um asteroide

A Agência Espacial Japonesa (JAXA) confirmou o pouso bem-sucedido de duas sondas robóticas no asteroide Ryugu.

Os robôs espaciais Minerva 1a e 1b foram lançados pela sonda espacial Hayabusa-2, que saiu da Terra em novembro de 2014 e chegou ao asteroide Ryugu em junho passado.

É a primeira vez que uma sonda espacial - duas, neste caso - pousa em um asteroide.

E o melhor ainda está por vir. No dia 03 de outubro, a Hayabusa-2 vai lançar um terceiro rover, o Mascot (Mobile Asteroid Surface Scout, explorador móvel da superfície do asteroide, em tradução livre). O robô, também móvel e com mais instrumentos, é uma colaboração das agências espaciais francesa e alemã.

O objetivo mais aguardado da missão será a coleta de amostras do asteroide, que serão trazidas de volta à Terra.

Para isso, a Hayabusa-2 lançará um projétil que explodirá acima do asteroide, disparando um objeto de cobre de dois quilogramas (kg) para criar uma pequena cratera na superfície, onde amostras "frescas" serão recolhidas.

A sonda deverá deixar o cometa em dezembro do ano que vem, devendo chegar à Terra em 2020.

Hayabusa confirma pouso de dois rovers em asteroide
Estes são os robôs espaciais Minerva 1a e 1b. [Imagem: Jaxa]

Robôs pulantes

As sondas Minerva 1a e 1b são duas sondas circulares que aproveitam a baixa gravidade do asteroide para pular de um lugar para outro, fazendo medições e tirando fotografias.

Cada uma delas pesa apenas 1 kg e pode chegar a 15 metros de altura após cada salto, que dura cerca de 15 minutos. O inconveniente é que as fotos durante os movimentos saem borradas, embora esta seja apenas a primeira amostra liberada pela JAXA e outras mais nítidas sejam esperadas.

A Hayabusa-1 chegou a coletar amostras de um outro asteroide, mas não chegou propriamente a pousar. Por sua vez, a sonda espacial Rosetta tentou sem muito sucesso pousar o robô Philae em um cometa no mesmo ano que a Hayabusa-2 foi lançada.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas