Plantão

Nanossatélite brasileiro está a bordo da Estação Espacial Internacional

Nanossatélite brasileiro está a bordo da Estação Espacial Internacional
O AESP-14 é um satélite padrão cubesat com 10 centímetros de aresta. [Imagem: AEB]

O cubesat AESP-14, um projeto apoiado pela Agência Espacial Brasileira (AEB), foi ao espaço no último sábado a bordo do foguete Falcon 9.

O nanossatélite chegou à Estação Espacial Internacional a bordo da cápsula Dragon na segunda-feira (12), juntamente com mais de 250 experimentos científicos e suprimentos.

O AESP-14 está agora sob os cuidados da tripulação da estação, em preparação para sua ejeção no espaço. Ainda não há data precisa para o lançamento, mas a previsão é que ele ocorra nos próximos 45 dias.

Aprendizado

Projetado, fabricado e integrado por alunos de graduação e pós-graduação do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), o AESP-14 é um satélite padrão cubesat com dimensões de 10 centímetros de aresta.

A iniciativa pretende ensinar engenharia de sistemas para alunos de graduação e pós-graduação utilizando como caso de estudo um projeto de missão espacial real.

O AESP-14 é equipado com um modem em banda UHF para enviar mensagens e dados aos pesquisadores da missão, além de desenvolver um experimento radioamador do Clube de Radioamadores de Americana (CRAM), onde 100 sequências de texto serão transmitidas de forma aleatória.

Os primeiros radioamadores que conseguirem receber as 100 sequências receberão um diploma comemorativo que será oferecido pelos gerentes do projeto.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas