Plantão

Nave de carga Dragon retorna de sua primeira missão

Cargas espaciais

A nave não-tripulada Dragon, da empresa SpaceX, pousou sem problemas este domingo no Oceano Pacífico, ao retornar de sua primeira missão à Estação Espacial Internacional.

O pouso no mar, às 17h22 no horário de Brasília, marcou o fim da primeira missão missão comercial de transporte de carga à Estação, depois de uma permanência de 18 dias no espaço.

Depois de recolhida por um barco, a nave está agora sendo levada para o porto de Los Angeles, onde serão descarregadas alguns experimentos científicos, que devem ser entregues à NASA em no máximo 48 horas.

Depois a nave será levada para a base da SpaceX, em McGregor, no estado do Texas, onde o restante do material será descarregado - a nave trouxe uma carga total de 759 quilogramas.

Estão previstas outras 11 missões da Dragon à Estação Espacial até 2016.

Naves de carga

A Dragon é a única das três naves de reabastecimento de carga atualmente disponíveis capaz de trazer materiais científicos de volta à Terra - tanto o ATV europeu quanto o cargueiro japonês HTV queimam-se na reentrada na atmosfera.

A agência espacial JAXA, do Japão, já está preparando uma versão reutilizável do HTV, enquanto a SpaceX planeja uma versão tripulada da Dragon.

Outra empresa privada norte-americana, a Orbital Sciences, está fazendo testes de uma outra nave, chamada Cygnus, que deverá fazer sua primeira missão em 2013, levada por um foguete Antares, fabricado pela própria empresa.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas