Plantão

São Carlos terá núcleo de pesquisa em robótica

Com informações da USP - 06/06/2011

A Universidade de São Paulo (USP), destinou R$ 900 mil para a construção do prédio do Centro de Robótica de São Carlos (CRob-SC/USP), no interior de São Paulo.

A iniciativa envolverá pesquisadores do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) e da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Contará também com a participação de outras instituições do Brasil, Estados Unidos, França, Alemanha, Suíça e Peru.

Pesquisa em robótica

O objetivo do CRob-SC/USP é a integração dos esforços existentes na área de pesquisa em robótica no campus de São Carlos, além da consolidação e expansão tanto do espaço físico como das pesquisas realizadas pelos diversos grupos associados.

O projeto será coordenado pelo Prof. Dr. Marco Henrique Terra, da EESC, e terá como vice-coordenadora a Profa. Dra. Roseli Aparecida Francelin Romero, do ICMC.

"Trata-se de uma iniciativa sem precedentes na área de robótica no Brasil, pois integrará os grupos e especialistas para um melhor aproveitamento dos recursos existentes, o que permitirá o fortalecimento das pesquisas em desenvolvimento no campus de São Carlos" afirma Roseli.

O esforço visa concentrar as pesquisas na área de robótica em um único local, aumentando a sinergia entre os pesquisadores, evitando desperdício de tempo e recursos e otimizando o compartilhamento de equipamentos e sistemas.

Aplicações da robótica

De acordo com o professor Marco Henrique Terra, a perspectiva tecnológica do Centro de Robótica é fazer com que as pesquisas básicas se aproximem das pesquisas aplicadas, com finalidade de desenvolvimento de produtos.

"Já temos iniciativas de projetos com a indústria, mas o objetivo do centro é acelerar o processo de projetos com participação dela. A inovação é o conceito de Centro, tonando-se um marco para a robótica brasileira," afirma.

Para o pesquisador, a aplicabilidade da robótica no Brasil pode ser muito grande na área de agricultura, por exemplo. A Embrapa possui um programa de empregabilidade nessa área que pode gerar muitas patentes para o país.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas