Plantão

São Paulo busca soluções tecnológicas de empresas emergentes

Tecnologia cidadã

O governo do estado de São Paulo lançou um concurso para selecionar 15 empresas emergentes de base tecnológica que apresentarem as melhores soluções a 35 desafios nas áreas de Educação, Saúde e facilidades aos cidadãos.

Os desafios foram formulados pelas secretarias da Educação e da Saúde, Centro Paula Souza, Fundo Social de Solidariedade, Acessa São Paulo e Poupa Tempo.

A Secretaria da Educação, por exemplo, está procurando soluções para a realização de avaliações diagnósticas em formato digital de seus 4 milhões de alunos e para otimizar o serviço de transporte de alunos da rede estadual de ensino, entre outros 12 desafios propostos.

O Centro Paula Souza, que administra 218 Escolas Técnicas Estaduais e 65 Faculdades de Tecnologia, com 285 mil alunos em 300 municípios, procura uma solução que possibilite à instituição fazer um registro automático da presença ou ausência dos alunos em sala de aula, de forma a reduzir o tempo gasto com a chamada oral dos professores.

A área de Saúde apresentou uma lista de 12 desafios, entre eles como fazer para diminuir o número de abstenções em consultas ou procedimentos agendados para garantir o aumento da capacidade de atendimento, entre outros benefícios.

Na área de facilidades ao cidadão, os desafios buscam soluções que permitam melhor disponibilizar os pontos de arrecadação de campanhas de doações, colaborar para que os postos do Acessa SP sejam utilizados para acelerar potencialidades econômicas da comunidade ou, ainda, como integrar os diversos canais de atendimento do Poupatempo.

Investidores e empreendedores

Poderão se inscrever pessoas jurídicas inscritas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) há menos de cinco anos.

As inscrições foram abertas em 17 de setembro e serão encerradas em 18 de outubro.

As soluções selecionadas serão apresentadas a uma banca formada por investidores, empreendedores digitais e governo, em 17 de novembro. Os vencedores terão suas propostas testadas no âmbito da Administração e receberão recursos para o desenvolvimento e implantação de seus projetos.

Mais informações estão disponíveis no endereço pitchgov.sp.gov.br.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas