Plantão

Com vazamentos, LHC não poderá ser ligado antes de Novembro

Com vazamentos, LHC não poderá ser ligado antes de Novembro
Os técnicos ainda não encontraram os locais exatos dos vazamentos, mas suspeitam que eles estejam em uma mangueira flexível no sistema de transporte de hélio líquido.[Imagem: CERN]

O Grande Colisor de Hádrons, mais conhecido pela sigla LHC (Large Hadron Collider), o maior e mais caro experimento científico da história, não será ligado em Outubro, como previsto anteriormente.

Vazamento de vácuo

Uma série de vazamentos foram descobertos em dois setores ao longo das últimas duas semanas. Os técnicos ainda não encontraram os locais exatos dos vazamentos, mas suspeitam que eles estejam em uma mangueira flexível no sistema de transporte de hélio líquido.

Um vazamento semelhante ocorreu há dois anos, ainda durante a construção do LHC. O "vazamento" refere-se a um "vazamento de vácuo", o que significa que está entrando ar onde não deveria.

Os vazamentos ocorreram onde o último magneto de cada setor, conhecido como Q7, é ligado ao ponto de fornecimento de energia. O LHC é uma estrutura circular formada por oito setores interligados, como se fossem fatias de uma pizza.

Trocando mangueiras por tubos

Agora os pontos onde há vazamento deverão ser aquecidos até a temperatura ambiente, para que os locais exatos possam ser localizados e consertados. O anel do acelerador de partículas funciona com supercondutores, que precisam ser resfriados em temperaturas criogênicas para transmitir eletricidade sem resistência. Mas não é possível consertá-los nessas temperaturas, sendo necessário deixá-los atingir a temperatura ambiente para que os técnicos possam entrar nos locais e trabalhar.

Quando o vazamento similar ocorreu há dois anos, os técnicos acharam melhor substituir a mangueira por um tubo rígido, porque a mangueira havia se desgastado pela fricção com as fitas de suporte, que são feitas de aço inoxidável. Se a suspeita se confirmar, e as mangueiras forem novamente as responsáveis pelo vazamento, elas serão igualmente trocadas por tubos rígidos.

Ciência só em 2010

Segundo o CERN, instituto responsável pela operação do LHC, o início de seu funcionamento não poderá ocorrer antes de Novembro.

Ainda assim, será necessário esperar até meados de Dezembro para que ele possa começar a acelerar partículas em fase de testes. Os experimentos científicos propriamente ditos não deverão iniciar antes de 2010.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas