Plantão

Agências espaciais acertam calendário de lançamentos à ISS

Agências espaciais acertam calendário de lançamentos à ISS
O ATV-2 (chamado Johannes Kepler), uma nave não-tripulada de suprimentos, deverá atracar-se automaticamente à Estação Espacial Internacional em 26 de Fevereiro.[Imagem: ESA]

A Agência Espacial Americana (NASA), a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial da Federação Russa (Roscosmos) concordaram em rever as datas de lançamento de naves rumo à Estação Espacial Internacional.

Agenda espacial

O voo do Veículo de Transferência Automatizado 2 (ATV-2), da ESA, foi remarcado para 15 de Fevereiro de 2011.

No dia 27 de Fevereiro, subirá a missão STS-134, do ônibus espacial Endeavour, naquele que deverá ser o último voo dos ônibus espaciais.

A Roscosmos precisará de algum tempo para a analisar as opções de lançamento e aterrissagem das naves Soyuz, de forma a garantir a robustez das operações, principalmente depois de um acidente que danificou uma das naves durante seu transporte por via férrea até o local de lançamento.

As três agências espaciais concordaram com as alterações durante a Conferência Internacional em Astronáutica, realizada em Praga. A Arianespace, cujo foguete Ariane 5 irá lançar o ATV-2 da Guiana Francesa, confirmou o seu compromisso de proceder ao lançamento em 15 de Fevereiro.

Busca pela antimatéria

O voo STS-134, do ônibus espacial Endeavour, levará para a Estação Espacial Internacional o longamente aguardado Espectrômetro Magnético Alfa, ou MAS (Alpha Magnetic Spectrometer).

O MAS é um detector de raios cósmicos de última geração, projetado para estudar questões fundamentais da matéria e a origem e estrutura do Universo - veja detalhes dessa pesquisa na reportagem Vai começar a busca por Galáxias de Antimatéria.

A missão STS-134 incluirá três caminhadas espaciais para a instalação do MAS no exterior da estação espacial, que será feita com a ajuda de pelos menos dois dos braços robóticos da ISS.

Kepler e Júlio Verne no espaço

O ATV-2 (chamado Johannes Kepler), uma nave não-tripulada de suprimentos, deverá atracar-se automaticamente à Estação Espacial Internacional em 26 de Fevereiro.

O cargueiro espacial foi projetado para transportar mais de sete toneladas de experimentos científicos, combustível, água, comida e peças da Terra até a Estação.

Enquanto estiver acoplado, o ATV também usará os seus motores para ajustar a órbita da estação, que vai decaindo com o tempo, e também poderá ser usado para manobras de emergência, como as que ocorrem quando se prevê que um pedaço de lixo espacial vá atingir a Estação.

Esta capacidade do veículo europeu representa uma importante economia de combustível para a Estação. Depois de cerca de três meses e meio, o ATV-2 irá desacoplar-se da Estação e se queimará na reentrada da atmosfera, sobre uma região do Pacífico sem ilhas e sem tráfego marítimo.

O primeiro ATV, o cargueiro espacial Júlio Verne, foi lançado em Março de 2008 e reentrou na atmosfera em Setembro do mesmo ano.

A agência espacial japonesa (JAXA) também possui um cargueiro espacial, mais versátil do que os veículos europeu e russo - veja Cargueiro espacial japonês será lançado rumo à ISS.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas