Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

Conheça a nave que vai tentar extrair água na Lua

Redação do Site Inovação Tecnológica - 23/10/2020

Conheça a nave que vai minerar água na Lua
Este é o módulo Nova-C, que levará o primeiro equipamento de mineração espacial à Lua, na tentativa de extrair água.
[Imagem: NASA]

Mineração de água na Lua

A Nasa selecionou a missão que fará a primeira tentativa de extrair água nas crateras frias e escuras do Pólo Sul da Lua.

A perfuratriz Prime-1 (sigla em inglês para Experimento de Mineração de Gelo em Fontes Polares) deverá ir à Lua em Dezembro de 2022 a bordo do módulo de pouso Nova-C, construído pela empresa Intuitive Machines. A perfuratriz propriamente dita é fabricada pela Honeybee Robotics.

O Nova-C é um dos três módulos de pouso para levar cargas para a Lua selecionados pela Nasa no ano passado e deverá ser o primeiro deles a voar.

A perfuratriz deverá atingir aproximadamente 1 metro abaixo da superfície lunar, inicialmente para tentar comprovar que realmente existe água lá. Um espectrômetro de massa permitirá medir quanto gelo nas amostras coletadas é perdido por sublimação, conforme o gelo muda de sólido para vapor no vácuo do ambiente lunar.

Outra unidade do mesmo equipamento também irá à Lua a bordo do Viper, um robô móvel que procurará gelo no Pólo Sul lunar em 2023. No ano seguinte, a Nasa pretende levar até lá a primeira mulher, que, juntamente com outro astronauta, pousarão também na região polar, um lugar muito diferente das regiões equatoriais que a Apolo visitou.

Conheça a nave que vai minerar água na Lua
Engenheiro testa a perfuratriz rotativa, que deverá penetrar cerca de um metro em busca de água.
[Imagem: NASA]

Presença humana na Lua

Encontrar água é crucial para os planos de longo prazo da Nasa, que fala em "estabelecer uma presença humana sustentável na Lua", além de ser um primeiro experimento importante para a mineração espacial.

"Continuamos a selecionar fornecedores rapidamente para pousar cargas úteis na superfície lunar, o que mostra nosso trabalho para integrar a engenhosidade da indústria comercial em nossos esforços rumo à Lua," disse o administrador de ciências da Nasa, Thomas Zurbuchen. "As informações que obteremos do Prime-1 e de outros instrumentos científicos e demonstrações de tecnologia que enviaremos à superfície lunar servirão de base para nossas missões Artemis com astronautas e nos ajudarão a entender melhor como podemos construir uma presença lunar sustentável."

Mas a empresa Intuitive Machines pretende marcar presença na Lua antes desse primeiro experimento de mineração espacial. Os planos envolvem lançar seu primeiro módulo de pouso lunar Nova-C em 2021. Essa missão pousará no Vallis Schröteri, o maior vale da Lua, mais especificamente em uma região conhecida como Oceano de Tempestades. A nave levará cinco experimentos da Nasa e cargas comerciais ainda não anunciadas.






Outras notícias sobre:
  • Exploração Espacial
  • Corpos Celestes
  • Mineração
  • Robôs Espaciais

Mais tópicos